Pablo Maia recebe convite para jogar na Europa

Com apenas 22 anos de idade, o volante Pablo Maia se tornou titular absoluto e peça fundamental no São Paulo. O jovem formado nas categorias de base de Cotia vem de um ótimo ano, algo que acabou, como esperado, chamando a atenção de alguns clubes europeus. O próprio clube já rejeitou propostas no passado.

Diante disso, ele comentou sobre seu futuro em bate papo no programa Zona Mista, do UOL, comandado pelo jornalista André Hernan. Perguntado sobre a relação com Lucas Beraldo, que saiu mais cedo do Brasil (19 anos), ele revelou estar contente pelo ex-companheiro. Além disso, revelou que o próprio zagueiro lhe fez um convite,

“O Beraldo merece muito. No primeiro jogo, a torcida (do PSG) já gritou o nome dele. Eu falei com ele. Ele me disse que a sensação é fera de ver a reação da torcida. “E ele me disse: ‘Espero você aqui’”, disse Pablo Maia.

O volante são-paulino já foi especulado em diversos clubes nos últimos anos, em especial da Premier League (Campeonato Inglês), considerada a mais competitiva do mundo. A janela de transferências europeia já se encerrou, logo ele não pode mais ser vendido neste momento.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Pablo revela que sonha em jogar na Europa

Contudo, as portas para uma possível transferência voltam a se abrir no começo de julho, pouco depois do encerramento da temporada do Velho Continente. Pablo deverá receber algumas ofertas, já que este é o período que os clubes europeus mais gastam em reforços. 

“Eu sou bem tranquilo em relação a isso [saída]. Foi até uma conversa que tive com meus empresários. Falei da minha confiança neles e pedi que eles me trouxessem propostas no momento certo. Assim, eu me concentro em dar o melhor dentro de campo. Isso me deixa mais tranquilo. Eu tenho o sonho de jogar fora. Se tudo for bem para mim e para o São Paulo, as coisas vão dar certo”, comentou o atleta.

Na última temporada, Pablo Maia foi um dos “xodós” de Dorival Júnior, e se tornou uma peça de extrema importância no meio de campo, formando dupla com Alisson. Em 58 jogos disputados, marcou cinco gols e distribuiu duas assistências. Venceu o título da Copa do Brasil. Neste ano, ele já jogou cinco duelos até o momento, tendo levantado o troféu da Supercopa Rei em cima do Palmeiras.