Oficial: São Paulo é o time mais prejudicado pelo VAR

O VAR foi implementado no futebol brasileiro com o intuito de auxiliar o árbitro central na marcação de decisões que o mesmo pode ter deixado batido, ou mesmo para corrigir seu erro. Todavia, a impressão que o mecanismo deixa no país é completamente oposta.

Muitos juízes acabam se perdendo com o uso do VAR, e complicando ainda mais suas decisões, visto que eles têm a oportunidade de rever tais lances que podem decidir o futuro de uma equipe. 

No último domingo (13), o São Paulo, novamente, foi protagonista de um lance polêmico no empate em 1 a 1 contra o Flamengo, no Maracanã, após pênalti cometido em Luiz Araújo, no qual um atleta adversário estaria impedido na origem da jogada e as linhas foram traçadas de forma equivocada.

Todavia, não foi a única vez que a equipe comandada pelo técnico Dorival Júnior foi prejudicada pelo VAR. Segundo divulgação do portal Globoesporte, o São Paulo foi o time mais prejudicado pela arbitragem de vídeo.

Confira os casos em que o Tricolor teve marcações contra si assinaladas pelo VAR

O primeiro lance polêmico foi a anulação de um gol discutível contra o Goiás. Depois, o juiz olhou o lance contra o Palmeiras no monitor, e anulou um possível pênalti para o Tricolor do Morumbi.

O mais polêmico deles foi no clássico contra o Corinthians, em Itaquera. Na ocasião, o árbitro Bruno Arleu de Araújo deu uma falta de Calleri em cima de Fagner, anulando um gol tricolor que faria 2 a 0 no rival. Depois, no final do 1° tempo, marcou um pênalti discutível que gerou o empate do Alvinegro.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Contra o Santos, em casa, outro pênalti controverso marcado a favor do rival, assim como diante do Cuiabá, no Mato Grosso, quando duas penalidades máximas foram assinaladas pelos árbitros. 

A saga terminou (por enquanto) contra o Flamengo, como já citado acima. O árbitro assinalou a marca aos 47 minutos do segundo tempo, quando a partida estava se encaminhando para a vitória do Tricolor por 1 a 0. Após a conversão de Pedro, o duelo terminou empatado em 1 a 1.

O resto das equipes da Série A do Brasileirão tiveram ao menos uma marcação a seu favor. Ano passado, foram oito marcações a favor do SPFC e oito contra.