O que o São Paulo fará com Nikão em 2024?

Emprestado ao Cruzeiro desde o início da temporada, o meia Nikão vive momentos complicados nesta temporada. Depois de ter fracassado no São Paulo, viu clube mineiro como a chance de fazer um bom ano.

Todavia, a temporada está sendo ainda pior do que em 2022, quando era reserva sob o comando do então técnico Rogério Ceni, e sofreu com problemas físicos e lesões recorrentes.

Nem Paulo Pezzolano nem Pepa (técnico antigo e atual do Cruzeiro, respectivamente), utilizaram o jogador. Por sinal, havia a expectativa de que ele seria negociado, já que sequer estava sendo relacionado para os jogos.

Contudo, o jogador acabou recusando o Coritiba, por ser rival do Athletico-PR, clube em que é ídolo, além do Vitória, que joga na Série B. Segundo o jornalista Alexandre Zanquetta, chegou a receber uma proposta de um clube do exterior, mas por questões pessoais junto a família, recusou e não quer deixar o Brasil.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Nikão pode ser trocado por outro jogador

O empréstimo com o Cruzeiro terminará em dezembro, e ele voltará a ser jogador do São Paulo. E de acordo com Zanquetta, existem três possíveis destinos para o meia de 31 anos de idade.

Ele poderá ser vendido para um dos clubes do exterior que está interessado, a depender do “sim” do atleta. Caso se recuse a sair do país, o São Paulo irá trabalhar por uma rescisão de contrato, mas ele terá que abrir mão de valores que iria receber, como luvas. A última opção é um novo empréstimo com troca de jogadores, desta vez para outro clube brasileiro, através de um contrato de dois anos.

Zaquetta afirma que a última possibilidade é a mais provável de acontecer, já que ele prioriza o bem estar de sua família. 

“A última, parece ser a mais provável, até porque, sua família teria o que gosta: paz e moraria em um local mais amigável. Neste modelo, há até um atleta em vista pelo São Paulo que é passível de vir nesta troca”, divulgou Alexandre Zanquetta.