Novo técnico do Corinthians mete o Vasco na FIFA e exige quase R$ 30 milhões

O Corinthians acertou com o técnico Ramón Díaz nesta quarta-feira (10), que chega no Parque São Jorge para substituir o português António Oliveira. De acordo com informações divulgadas pelo Globo Esporte, o argentino ainda está resolvendo sobre sua demissão do Vasco.

Depois de ter saída do Cruzmaltino confirmada, Ramón e seu filho, Emiliano, entraram com um processo na Fifa e na CBF cobrando quase R$ 30 milhões da rescisão do contrato e o fim do vínculo com o clube do Rio de Janeiro. Isso porque o Vasco divulgou que foram os argentinos que pediram demissão, enquanto eles alegam que foram mandados embora.

Dito isso, o Vasco, segundo o Ge, fez uma rescisão trabalhista, levando em conta o possível pedido de demissão de Ramón. Ainda consta um vínculo empregatício entre o treinador e o clube no sistema da CBF, já que o processo utilizado não necessita da assinatura do argentino, algo fundamental para cortar o vínculo.

Vasco está otimista em vitória na Fifa contra Ramón

Apesar de já ter assinado contrato com o Corinthians até dezembro de 2025, Ramón precisa da rescisão federativa para ser inscrito pelo clube paulista.  O grande problema é que o argentino não quer assinar a rescisão do Vasco, que diz que ele pediu a demissão. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ele deve ter o pedido aceito pela CBF, mas a situação com a Fifa é outra, já que ele cobra o valor milionário citado. Do outro lado, o Vasco já juntou provas de jogadores e funcionários que algam um pediod de demissão de Ramón, criando um clima de otimimso de vitória na Fifa.