Nicola traz fresquinha sobre a chegada de Douglas Costa e Bernard ao São Paulo

A poucos dias de realizar sua estreia no Campeonato Paulista, o elenco do São Paulo ainda não está fechado. Isso porque podem ocorrer algumas contratações pontuais após a chegada do técnico Thiago Carpini, contratado para substituir Dorival Júnior, que é o novo comandante da Seleção Brasileira.

Uma das posições mais comentadas é a de ponta, pedido antigo de Rogério Ceni e também de Dorival. Até agora, o Tricolor trouxe Ferreirinha e Erick, mas diversos portais divulgaram rumores de que Douglas Costa interessa ao SPFC.

O brasileiro está livre no mercado desde a sua saída do Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos. O mesmo também atrai interesse de times do futebol árabe, que estariam dispostos a oferecerem uma bolada para contratá-lo.

Outro que estaria na briga por Douglas é o Cruzeiro, que ainda busca mais reforços para a disputa da Série A do Brasileirão. Contudo, de acordo com informações divulgadas pelo jornalista Jorge Nicola em seu canal no Youtube, ambas as partes não chegaram a um acordo, e o atleta foi descartado pela diretoria.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Além de Douglas Costa, outro nome que estaria na pauta do Tricolor do Morumbi é o de Bernard, que atua no Panathinaikos, da Grécia. O jogador só tem contrato até julho, e já pode assinar um pré-acordo com qualquer clube a partir de agora. A informação do interesse foi inicialmente divulgada por Igor Assunção, pessoa próxima ao atleta.

Casares garante outras prioridades no mercado do SPFC

Jorge Nicola entrou em contato com o presidente do São Paulo, Julio Casares, que afirmou que o clube tem outras prioridades no mercado da bola. Logo, o mandatário aparentemente descartou a vinda dos dois jogadores citados.

“Já temos muitos atacantes de lado de campo. Hoje precisamos de lateral-esquerdo e centroavante”, disse Julio Casares. O SPFC tem até março para realizar essas duas contratações, data de fechamento do mercado.