Neymar tentou ajudar Daniel Alves escapar da prisão e agora situação é investigada

O jogador de futebol brasileiro Daniel Alves recebeu do Tribunal espanhol, no dia 22 de janeiro de 2023, uma condenação de quatro anos e meio por estupro. A sentença representa apenas o começo de um processo judicial que promete se prolongar, dado que ambos os lados estão se preparando para apresentar recursos.

Ministério Público questiona mecanismos que levaram à redução da pena

A atenção do Ministério Público espanhol, conhecido como “Fiscalía”, está voltada para um detalhe na defesa de Alves que pode ter contribuído para a redução de sua sentença. De acordo com as informações divulgadas pelo jornal “El Mundo”, a “Fiscalía” solicitará a anulação do “atenuante de reparação de dano”, instrumento jurídico que permitiu a diminuição da pena do lateral.

Essa atenuante foi realizada através da deposição de 150 mil euros (correspondente a 806 mil reais) pela defesa de Daniel, como uma forma de indenização adiantada. Contudo, a promotoria defende que o montante não pode ser considerado como reparação do dano.

A emissora Cadena Ser, citando informações da agência de notícias EFE, reportou que a defesa de Daniel Alves tentou por várias vezes que o valor fosse entregue à vítima do estupro, que recusou a oferta. Tanto a promotoria, quanto a defesa da vítima, acreditam que a aplicação dessa atenuante pode ser considerada discriminatória, uma vez que veria o jogador capitalizar sobre sua riqueza financeira.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Participação da família de Neymar no caso

Conforme revelado pelo site Uol, o valor de 150 mil euros foi emprestado pela família do jogador brasileiro Neymar a Daniel Alves. O dinheiro foi transferido pelo pai de Neymar, que em uma entrevista à CNN Brasil, em 9 de dezembro de 2023, confirmou a transação e acrescentou que ofereceu auxílio jurídico. Segundo ele, a ajuda foi fornecida após a família de Alves ter solicitado, alegando que Daniel não tinha fundos para se defender.

Apesar da defesa de Daniel Alves ter alegado durante o julgamento que ele estava em situação financeira precária, informações do portal Celebrity Net Worth, especializado em patrimônio de celebridades, e do jornal español Marca, estimam que a fortuna do ex-jogador gira em torno de 55 milhões de euros (aproximadamente 295 milhões de Reais, segundo a cotação atual).