Neymar confirma e explica empréstimo para Daniel Alves

Preso de maneira prvniva após acusação de estupro, Daniel Alves recebeu o valor aproximado de R$ 800 mil do pai de Neymar, quantia que pode ajudar muito caso ele venha a ser condenado. Vale lembrar que seu julgamento está marcado para ocorrer entre os dias 5 a 7 de fevereiro, e pode resultar em uma pena máxima de 12 anos.

Em conversa com o ex-jogador Emerson Sheik, o pai de Neymar revelou que a doação do valor em questão foi um pedido vindo diretamente da família de Daniel Alves. A quantia em questão é referente a uma multa que poderá reduzir a pena do brasileiro caso seja condenado. O pagamento ocorreu em 9 de agosto de 2023, mas só se tornou público recentemente.

“A família nos pediu ajuda. O Daniel não tinha dinheiro para se defender, e o prazo para o pagamento da defesa estava expirando. Pense bem, em nenhum momento eu podia negar ajuda a um amigo que está tentando se defender de uma acusação”, disse.

O pai do jogador do Al-Hilal também frisou que Daniel ainda não foi condenado pela Justiça da Espanha, o que ainda não o torna um criminoso. Ele diz que irá esperar a decisão oficial do julgamento para tirar suas conclusões.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

 “Eu não poderia virar as costas… E se a Justiça decidir que o Daniel é inocente? Preferi ter o peso de acreditar em um amigo do que virar as costas para alguém”, comentou.

Daniel Alves passa por problemas financeiros

Além de preso, o lateral-direito acumula problemas judiciais na Espanha e também no Brasil. Sua ex-mulher, Dinorah Santana, cobra R$ 13 milhões após o atleta não ter pago a pensão alimentícia desde 2022.  Diante disso, suas contas foram bloqueadas.

“O Daniel está preso preventivamente e não foi julgado. Até o momento, a presunção de inocência é válida no mundo inteiro. Ou a gente participa de um pré-linchamento e julgamento público ou tentamos ajudar um amigo e deixamos a Justiça decidir o destino do Daniel”, finalizou o pai de Neymar.