Neto se antecipou e deu uma dica para o São Paulo

Surpreendendo a todos, Caio Paulista não será comprado pelo São Paulo, clube que esteve emprestado durante esta temporada. O jogador irá “pular o muro” e assinar com o Palmeiras, após divergências entre o Tricolor do Morumbi e o Fluminense.Sabendo da situação indefinida do lateral-esquerdo, o Palmeiras não perdeu tempo e iniciou os contatos para levá-lo. 

O contrato de empréstimo de Caio junto ao Fluminense tinha uma cláusula de compra em definido no valor de 3,5 milhões de euros (cerca de R$ 18,7 milhões). O SPFC negocia o pagamento de forma parcelada, já que não tem aporte para desembolsar o valor à vista.

O acordo tinha uma data de vencimento até o dia 15 deste mês, e nada foi definido. Diante disso, o Palmeiras aproveitou a situação e entrou em contato com o Fluminense e os representantes do jogador.

A movimentação não caiu bem entre os torcedores são-paulinos, que foram às redes sociais de Caio para xingá-lo e reclamar da atitude. Por sinal, foi muito chamado de “Judas”, além de ter perdido mais de 100 mil seguidores em seu Instagram. 

Sempre polêmico e sem papas na língua, o apresentador Neto optou por dar a sua visão sobre o acontecimento. De férias, o ex-jogador fez questão de destacar o culpado pela transferência ao rival: o São Paulo. Além disso fez elogios a abordagem do Palmeiras

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Estou vendo um monte de comentarista, um monte de gente dando palpite em relação ao Caio Paulista. Eu falo há um ano que o São Paulo já tinha que ter comprado este rapaz do Fluminense. Não comprou, o Palmeiras viu a oportunidade, foi lá, o Abel inteligente do jeito que é e comprou o Caio Paulista”, comentou Neto.

Neto faz crítica direta a comentaristas após o caso de Caio Paulista

O apresentador reclamou da opinião de alguns colegas de profissão que vieram criticar a atitude de Caio Paulista em ir para um rival direto, e fez uma analogia com a situação dentro do próprio jornalismo.

“Agora, vejo comentarista falando ‘ai que coisa…’ Vocês saem da Globo, do SporTV, da ESPN, eu saio da Band, da Record. Vocês estão pensando que são quem pra dar lição de moral no Caio Paulista? O São Paulo que marcou toca e por sinal para muito jornalista fez um grande negócio. Ah ô, para vai”, comentou.