Negócio do São Paulo acaba dando pra trás e volante pode ficar

Próximo a abertura do mercado de transferências, o São Paulo já analisa o futuro do elenco no geral, incluindo possíveis reforços que podem chegar ao Morumbi, e também os nomes que devem se despedir da torcida. A ideia é iniciar a temporada com o elenco praticamente definido.

A pedido de Dorival Júnior, o elenco será reduzido. Diante disso, muitos atletas devem ser emprestados ou até mesmo vendidos de forma definitiva. Um dos nomes mais comentados é o do equatoriano Jhegson Méndez.

O volante foi contratado a custo zero no início do ano, e logo se tornou titular com Rogério Ceni. Contudo, o atleta perdeu espaço sob o comando de Dorival, mesmo tendo sido titular absoluto de sua seleção na última Copa do Mundo. Chegou a passar três meses sem entrar em campo, e diante dessa situação, foi colocado na “lista de dispensa”.

Nas últimas semanas, o Tricolor recebeu sondagens do Athletico-PR pela contratação do atleta. Como dito antes, o SPFC não deve fazer jogo duro para liberá-lo, basta um acerto entre todas as partes.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Apesar do otimismo inicial, a negociação andou para trás, segundo informações divulgadas pelo portal Trétis. O clube paranaense ainda tem chances de contratá-lo, mas deverá melhorar os termos da negociação. 

Desde que chegou ao São Paulo, Méndez atuou em 24 partidas, sendo a maioria delas pelo Campeonato Paulista, quando era titular do time comandado por Rogério Ceni. Não marcou nenhum gol nem distribuiu assistências. O Tricolor deve fazer de tudo para negociá-lo antes da reapresentação dos atketas, marcada para o dia 6 de janeiro, no CT da Barra Funda.