Muricy sai em defesa de Rogério Ceni, mas não nega elenco problemático

Figura lendária dentro do São Paulo, sendo tricampeão brasileiro entre 2006 e 2008, Muricy Ramalho, ex-técnico e agora coordenador de futebol do clube, quebrou o silêncio sobre a grande crise vivida no Morumbi. Em entrevista ao UOL Esporte, ele defendeu o trabalho de Rogério Ceni, mas afirmou que o atual elenco do Tricolor é problemático.

Indagado sobre a atual situação do comandante são-paulino, Muricy foi emblemático: “O Rogério trabalha muito, o momento não é bom e quando a bola não entra as coisas se acentuam. O dia a dia do futebol tem muita divergência, muita discussão, muito nervosismo quando as pessoas querem ganhar e as coisas não funciona”.

Muricy ainda garantiu que o clima é bem mais ameno do que as pessoas pensam: “O São Paulo vive um momento ruim, mas não é uma crise como pintam. O ambiente é normal de um clube de futebol, com altos e baixos, alguns que são amigos e outros não. Mas todos querem vencer e a gente trabalha para deixar tudo mais harmonioso possível”.

Ele, no entanto, não negou que o atual elenco tem problemas ao afirmar que “já foi campeão em elencos cheios de problemas”. Dono de quatro passagens pelo comando técnico do São Paulo, Muricy é o segundo treinador que mais esteve à frente do clube em sua vitoriosa história. Ao todo, foram 474 jogos, atrás apenas do também lendário Vicente Feola, com 555.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Dirigente teria sido criticado por jogadores do São Paulo

Ídolo da torcida do São Paulo como técnico, o agora coordenador de futebol Muricy Ramalho foi alvo de críticas em uma reportagem do portal UOL Esporte. Assinada pelo jornalista Lucas Musetti Perazolli, a matéria aponta que jogadores e funcionários afirmam que Muricy tem feito pouco no dia a dia são-paulino.

Do outro lado, o ex-técnico disse que “trabalha mais do que quando era treinador”. O pensamento tanto de Muricy quanto da alta cúpula do São Paulo é de que a “suspeita” dentro do CT da Barra Funda se deve ao momento ruim do time e com o jeito discreto do coordenador, que pouco aparece na imprensa para falar sobre a atual fase.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.