Mourinho bate o martelo sobre assumir o São Paulo

A situação de Thiago Carpini parece estar praticamente definida no São Paulo. O treinador de 39 anos está “virtualmente demitido”, segundo Alexandre Zanquetta, a diretoria já optou pela mudança no comando.

Mesmo assim, ele foi ao Rio de Janeiro para enfrentar o Flamengo nesta quarta-feira (17), no Maracanã, pela segunda rodada do Campeonato Brasieiro. Ele só deve permanecer em caso de uma vitória e boa atuação do Tricolor.

Enquanto isso, a cúpula são-paulina já está de olho em possíveis nomes para substituí-lo. Grande sonho da torcida, José Mourinho chegou a ser sondado pelo clube. Isso porque aliados do presidente Julio Casares entendem a pressão do momento atual do time e sondaram a situação do “Special One” que está sem clube desde sua demissão da Roma, em janeiro.

Todavia, Mourinho não irá comandar o São Paulo. Jorge Mendes, empresário do treinador, disse ao São Paulo que o multicampeão não deve trabalhar no Brasil em breve. Além disso, seu salário, que segundo divulgação da própria oma, chegava a praticamente R$ 8 milhões por mês, algo impensável para qualquer clube sul-americano.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Diretoria quer a contratação de um estrangeiro

Em meio a  diversas especulações,uma coisa é certa: o São Paulo não deve contratar um treinador brasileiro, e nomes como Mano Menezes, Vanderlei Luxemburgo e Luiz Felipe Scolari foram descartados.

A ideia é contratar um estrangeiro, seja ele português ou sul-americano. Alguns nomes já foram consultados, como Carlos Carvalhal, Rui Vitória e Diego Alonso. Contudo, eles disseram que devem esperar a abertura da janela de julho e querem ficar na Europa.