Ministro do Governo Lula quer parar o Brasileirão

Diante da catástrofe das chuvas no Rio Grande do Sul, o atual ministro do esporte, André Fufuca, emitiu sua opinião para que o Campeonato Brasoleiro seja paralisado de maneira geral. Em entrevista à ESPN nesta quinta-feira (9), André revelou que deve falar com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) visando dar uma pausa temporária nas partidas do Brasileirão em meio a situação atual do estado do RS. Os torneios das modalidades masculinas e femininas seriam paralisados.

“Diante do cenário de calamidade pública e das severas consequências das enchentes para a população do Rio Grande do Sul, defenderemos junto à CBF a suspensão temporária dos Campeonatos Brasileiros masculino e feminino”, disse.

Ainda segundo o ministro, um ofício deve ser enviado de forma oficial à entidade brasileira nesta sexta (10). Vale destacar que Grêmio, Internacional e Juventude tiveram suas partidas suspensas por 20 dias. Os clubes sequer conseguem treinar em seus CTs e estádios, que se encontram completamente alagados.

“É hora de concentrar esforços e apoio às vítimas do país, na reconstrução das áreas afetadas e na mitigação dos impactos causados pela tragédia. A dimensão humana precisa vir antes da esportiva. A preocupação maior é com a integridade física e psicológicas dos atletas, torcedores e demais envolvidos”, finalizou André Fufuca.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Segundo informações divulgadas pela Defesa Civil do Rio Grande do Sul, 107 pessoas morreram até agora por conta da tragédia, além de 136 desaparecidos e 374 feridos. Além do mais, 232,6 mil pessoas estão desalojadas.