Michael tem chegada definida ao São Paulo

Considerado “negociável” pelo Al-Hilal, da Arábia Saudita, mesmo após acumular ótimos números na última temporada, com 11 gols e dez assistências em 51 partidas disputados, o atacante Michael voltou a ser assunto nos bastidores do São Paulo após ser alvo do clube em ao menos duas oportunidades nos últimos anos.

Segundo informações do portal Avante Meu Tricolor, o atacante de 28 anos foi oferecido ao Tricolor nos últimos dias por membros de seu staff. A diretoria comandada pelo presidente Julio Casares, no entanto, descartou realizar qualquer investimento pelo atleta por considerar que o atual elenco está bem servido na faixa ofensiva.

Para o setor onde Michael prefere atuar, o São Paulo acertou duas contratações no início da temporada: Erick, destaque do Ceará em 2023, e Ferreirinha, cria das divisões de base do Grêmio. Além disso, a transferência não deve sair barata, visto que o Al-Hilal quer uma proposta de ao menos 8 milhões de euros (R$ 45 milhões).

Michael já se declarou são-paulino em entrevista

Em recente entrevista para o canal oficial do jornalista Alê Oliveira no Youtube, Michael não escondeu o jogo e revelou ser torcedor do São Paulo desde a sua infância. Segundo o atacante, mesmo em uma família repleta de flamenguistas e corintianos, ele optou por ser são-paulino por influência dos ídolos Luis Fabiano e Rogério Ceni.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ele chegou a revelar que quase cravou a paixão pelo Tricolor na pele: “Na minha infância eu torcia para o São Paulo. E aí eu fiquei. Em 2014, cheguei a pensar em tatuar o símbolo do São Paulo nas costas inteiras e os números de Luis Fabiano, Rogério Ceni, Aloísio Chulapa e Fabão. Eu era o único são-paulino da família”.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.