Michael explode a torcida do São Paulo de alegria e confirma vínculo

Sempre especulado a cada janela de transferências, o atacante Michael ainda é muito lembrado pelas ótimas passagens por Goiás e Flamengo. O jogador, assim como Lucas, Erick e Ferreirinha, possui o drible e a velocidade como maiores características, e não é à toa que já interessou ao Tricolor.

Hoje, o atleta joga pelo Al-Hilal, da Arábia Saudita, mesmo clube de Neymar e que tem Jorge Jesus como treinador. Michael trabalhou com o português no Flamengo, e acabaram criando um bom vínculo. Nesta temporada, o jogador atuou em 31 duelos, acumulando cinco gols marcados e mais seis assistências distribuídas.

Como mencionado anteriormente, ele já chegou a ser especulado como possível reforço do São Paulo em muitas ocasiões, mas o negócio jamais evoluiu, muito por conta da questão financeira. O atleta tem contrato com o clube árabe, que só o liberaria em caso de um bom pagamento. 

Michael é torcedor do São Paulo

Apesar de nunca ter vestido a camisa tricolor enquanto jogador profissional, Michael já utilizou o manto quando pequeno. Ele revelou que era torcedor do São Paulo antigamente, e que chegou a pensar em fazer uma tatuagem do clube.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Na minha infância eu torcia para o São Paulo, eu via o Rogério Ceni, eu ia tatuar em 2014 o símbolo do São Paulo nas costas inteira. O número do Luís Fabiano, do Rogério Ceni, do Aloísio Chulapa e do Fabão”, disse, em entrevista ao canal do Alê Oliveira.

Único são-paulino na família, o sonho de jogar pelo clube do coração ainda não aconteceu. Por sinal, vale destacar que não há nenhuma negociação em andamento pela compra do jogador, que está feliz e estabelecido no futebol árabe.

“Eu era são paulino, meu pai é corintiano e um irmão meu, meu tio é flamenguista e um outro irmão meu. Eu era o único são paulino”, finalizou.