Messi surpreende e decide dar Bola de Ouro após polêmica

Atualmente no Inter Miami, dos Estados Unidos, Lionel Messi ainda vem dando o que falar na imprensa esportiva. Considerado por muitos o melhor jogador da história, o argentino caminha a passos largos para isso após a conquista da Copa do Mundo de 2022, realizada no Catar.

Apesar de ter saído do Barcelona rumo ao Paris Saint-Germain, Messi jamais esqueceu o clube catalão. De acordo com informações divulgadas pela CNN Brasil, o argentino doou sua oitava Bola de Ouro, recebida em outubro de 2023, ao museu oficial do ex-clube.

 O prêmio de melhor futebolista da temporada foi entregue ao craque em uma premiação que levantou polêmicas, tendo em vista que disputou boa parte do ano no futebol norte americano (Major League Soccer – MLS). 

O argentino venceu a Bola de Ouro pela primeira vez em 2009, com somente 22 anos de idade. Manteve a soberania e levantou o troféu quatro vezes seguidas. Esteve entre os finalistas em 2007, quando o brasileiro Kaká foi o vencedor, e no ano seguinte, levantada por Cristiano Ronaldo.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Messi é o maior vencedor da Bola de Ouro em toda a história do futebol mundial. No caso, levantou o prêmio em  2009, 2010, 2011, 2012, 2015, 2019, 2021 e 2023. Apenas na última oportunidade ele não vestia a camisa do Barcelona.

O argentino é o maior ídolo da história do clube catalão. Em 839 partidas disputadas, marcou incríveis 711 gols. Venceu quatro Liga dos Campeões da Europa, além de 10 Campeonatos Espanhóis, três Mundiais de Clubes e sete Copas do Rei, fora outros troféus.