Melou a negociação de Vietto e informação chega ao São Paulo

Com passagens de destaque no futebol europeu, o atacante Luciano Vietto pode pintar no futebol brasileiro em breve. O jogador de 30 anos de idade está em fim de contrato com o Al-Qadisiyah, da Arábia Saudita. Por sal, a equipe acabou de ser promovida para a primeira divisão. 

Como dito anteriormente, o atleta tem contrato somente até o final de junho e já pode assinar um pré-acordo com qualquer clube interessado em seus serviços, chegando a custo zero. O São Paulo apareceu como um dos interessados. 

Contudo, o jornalista Alexandre Zanquetta, do Blog do São Paulo, divulgou a informação de que o argentino estaria em negociação em andamento com o Cruzeiro. O time mineiro está sob nova administração e busca um nome de peso para agregar ao elenco. Por sinal, Vietto receberia um salário muito alto para os padrões brasileiros. 

“O time celeste, através de Alexandre Mattos, neste domingo, contatou o jogador e negocia por uma remuneração acima de R$ 1,2 milhões mensais. O São Paulo ainda ter concretizada a saída de James, não pode se dar ao luxo de tal briga no momento. O atleta obviamente pode decidir o que quiser e ter preferência por aguardar por Zubeldia e o São Paulo. Mas, hoje, o Cruzeiro está firme com o atleta”, disse Zanquetta.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fonte do Cruzeiro nega conversas

Diante disso, o jornalista Jorge Nicola foi atrás de informações envolvendo o argentino. Ele entrou em contato com uma fonte interna do Cruzeiro, que garantiu que não há conversas em andamento pelo atleta, e que por sinal, o clube mineiro não tem interesse no jogador.

“Vietto não interessa. Alguém está inventando essa história para tentar valorizar o jogador”, disse a fonte para Jorge Nicola, que divulgou a informação em seu canal no Youtube. Para a função de lado de campo, o time tem outras prioridades.

Vietto disputou 15 partidas nesta temporada, marcando incríveis 17 gols e distribuindo três assistências. Ele já defendeu as cores do Racing (Argentina), Atlético de Madrid, Sevilla, Villarreal (todos da Espanha) e Fulham (Inglaterra).