Melhor notícia da vida do Goleiro Bruno completou 1 ano esta semana

Condenado a 23 anos de prisão por homicídio, ocultação de cadáver, sequestro e cárcere privado da ex-esposa Eliza Samudio, o goleiro Bruno anunciou sua aposentadoria dos gramados em 13 de julho de 2021. Hoje se dedicando a carreira de investidor, o ex-jogador teve razões para comemorar no início desta semana.

No último domingo, dia 14, se completou um ano desde que a Justiça do Rio de Janeiro concedeu liberdade condicional ao ex-goleiro e ídolo do Flamengo. No momento da ação, Bruno cumpria pena atualmente em regime semiaberto domiciliar na cidade de São Pedro da Aldeia, onde chegou a abrir uma lanchonete na época.

A responsável pela concessão foi a juíza Ana Paula Abreu Filgueiras, da Vara de Execuções Penais. Em sua decisão, a magistrada afirmou que “não há qualquer obstáculo concreto à concessão do livramento condicional ao apenado, na medida em que ele preenche o requisito objetivo necessário desde abril de 2022”.

A juíza ainda concluiu: “O apenado (Bruno) desempenhou atividades laborativas após a concessão da progressão de regime e cumpriu regularmente as condições da prisão domiciliar”. No regime de liberdade condicional, o réu fica obrigado apenas a cumprir algumas condições impostas pela Justiça.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.