Melhor jogador de todos os tempos da Armênia atuou no São Paulo

Hoje reconhecido como um dos clubes brasileiros com as melhores estruturas voltadas ao futebol de base, o São Paulo se orgulha em ter revelado grandes nomes para o cenário mundial como Lucas Moura, Oscar, Casemiro, Éder Militão, Antony e David Neres. Todos eles saíram de Cotia para atuar em gigantes europeus.

Mas, antes mesmo do Centro de Formação de Atletas Presidente Laudo Natel ser inaugurado em 2005, o Tricolor participou da formação de um outro astro: o armênio Henrikh Mkhitaryan. A passagem durou pouco, mas deixou raízes. Na época, ele tornou-se amigo de Hernanes, que mais tarde iria se tornar ídolo dos são-paulinos.

Sem continuar no Brasil, Mkhitaryan se profissionalizou no Pyunik, clube de seu país. Em pouco tempo chegaria ao Borussia Dortmund, onde se destacou e chamou a atenção de outros clubes do Velho Continente. Ele ainda passaria por Manchester United, Arsenal e Roma antes de chegar na Internazionale, seu atual clube.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Campeão italiano nesta temporada, o ex-São Paulo é considerado o maior jogador da história de seu país e, aos 35 anos, soma 95 convocações e 32 gols pela Seleção da Armênia. Pela Inter, o experiente meia conta com sete gols anotados e nove assistências distribuídas em 92 jogos disputados desde 2022.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.