Medalhão de 34 anos vira alternativa pra reserva de Calleri

Depois da cirurgia do atacante Jonathan Calleri, o São Paulo sofreu na reta final do Campeonato Brasileiro no que se diz a respeito do aproveitamento ofensivo. Erison, que está emprestado até o final do ano, não rendeu como o esperado, e não deve ter seu contrato renovado para 2024.

Diante disso, uma das principais questões discutidas entre a diretoria do clube e a comissão técnica foi a necessidade de contratar um centroavante. A ideia é contar com um nome que consiga ser uma sombra “sombra” a Calleri  e, de preferência, brasileiro, visto o limite de estrangeiros imposto pela CBF.

O Tricolor tentou a contratação de Pedro Raul como plano A, mas o negócio não se concretizou. O Toluca, do México, só aceita negociá-lo em defintivo, algo que não está na mente do SPFC. Mastriani, do América-MG, também chegou a ser sondado, mas o Tricolor sequer avançou no negócio.

E de acordo com informações divulgadas pelo portal “Lance!”, o nome de Leandro Damião foi sondado pela diretoria tricolor. O atacante de 34 anos não renovará seu contrato com o Kawasaki Frontale, do Japão, e quer retornar ao futebol brasileiro no ano que vem.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Leandro Damião quer voltar ao Brasil após cinco anos no Japão

No clube japonês há cinco anos, Damião se tornou uma referência e ídolo da torcida. Nesta temporada, atuou em 22 partidas, tendo marcado cinco gols e distribuindo uma assistência. Viveu seu melhor ano no clube em 2021, quando balançou as redes em 31 oportunidades em 48 partidas. Também deu 10 passes para gol. 

O atacante foi revelado pelo Internacional, quando surgiu como uma grande promessa do futebol brasileiro e sul-americano. Passou por clubes como o Santos, Cruzeiro e Flamengo, e pode disputar a Libertadores em 2024 pelo Tricolor, torneio que venceu em 2010, com o Inter.