Marinho revela porque recusou o São Paulo

O mês de junho contou com uma novela e tanto para o São Paulo dentro do mercado de transferências. Durante longos dias, o meia-atacante Marinho, então atleta do Flamengo, foi apontado como o grande desejo do clube na janela. O negócio chegou a ser dado como certo até o clube anunciar a sua desistência.

De início, Marinho não teria topado uma nova realidade financeira dentro do Morumbi com relação ao salário milionário que recebia no Rio de Janeiro. Mas, dias depois, acabaria sendo confirmado como reforço do Fortaleza. Meses depois do término da novela, o jogador revelou as razões para escolher o Tricolor do Pici.

“Eu recebi convite de grandes equipes, como o São Paulo por exemplo. Dorival Jr. me pediu lá, o Julio Casares também me ligou, os caras foram muito parceiros comigo. Fluminense, Cruzeiro e Bahia também me procuraram. Mas eu escolhi o Fortaleza pelo projeto”, afirmou.

Comandado por Dorival Jr. no próprio Flamengo em 2022, Marinho foi confirmado como reforço do Fortaleza em 20 de junho. Para tanto, o clube nordestino se comprometeu a pagar US$ 400 mil (pouco menos de R$ 2 milhões) para a liberação do atacante. Desde sua chegada, ele acumula quatro gols e três assistências em 26 jogos.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Enquanto São Paulo foi campeão, Marinho foi vice

Afirmando ter negado a oferta do São Paulo por conta do “projeto” do Fortaleza, Marinho acabaria vendo Dorival Jr. e companhia conquistarem o inédito título da Copa do Brasil enquanto ele e seu novo clube não conseguiram o mesmo sucesso na decisão da Copa Sul-Americana.

Sendo nome importante na caminhada até a grande final contra a LDU de Quito, o atacante de 33 anos atuou por 77 minutos no empate por 1 a 1 no tempo normal. Nos pênaltis, os equatorianos levariam a melhor: 4 a 3.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.