Mano Menezes surpreende e pode assinar com rival do São Paulo

Demitido pelo Corinthians no início do último mês, após um péssimo início de Campeonato Paulista que culminaria com a precoce eliminação do clube do Parque São Jorge ainda na primeira fase da competição, o técnico Mano Menezes, de 61 anos, pode estar novamente no caminho do São Paulo em um outro torneio: a Libertadores.

Segundo informações do repórter paraguaio Pedro Torres, o experiente treinador é o grande favorito para assumir o comando do tradicional Cerro Porteño. As tratativas ganharam força após o clube tentar a contratação de Tiago Nunes, ex-Botafogo, e não alcançar um final feliz. Este seria o terceiro trabalho de Mano fora do país.

Antes, ele comandou o Shandong Luneng, da China, em 2016 e o Al-Nassr, da Arábia Saudita, em 2021. Caso tope a aventura no Paraguai, o ex-técnico do Corinthians encontrará um velho conhecido do torcedor do São Paulo: o goleiro Jean, dono de polêmica passagem pelo Morumbi e hoje um dos grandes destaques do Cerro.

Multicampeão nacional, com 34 conquistas do Campeonato Paraguaio, o Cerro Porteño ainda persegue seu primeiro título internacional. Na Libertadores deste ano, o clube estará presente no Pote 2 do sorteio, marcado para a próxima segunda-feira (18), e pode, inclusive, cair no grupo do São Paulo ainda na primeira fase.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Confira os potes da Conmebol Libertadores 2024

  • Pote 2: Atlético-MG, Independiente del Valle (EQU), Libertad (PAR), Cerro Porteño (PAR), Estudiantes (ARG), Barcelona de Guayaquil (EQU), Bolívar (BOL) e Junior Barranquilla (COL);
  • Pote 3: San Lorenzo (ARG), The Strongest (BOL), Universitario (PER), Deportivo Táchira (VEN), Rosario Central (ARG), Alianza Lima (PER), Millonarios (COL) e Talleres (ARG);
  • Pote 4: Caracas (VEN), Liverpool (URU), Huachipato (CHI), Cobresal (CHI), Palestino (CHI), Colo-Colo (CHI), Botafogo e Nacional (URU) ou Always Ready (BOL).

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.