Maldição? Departamento Médico do São Paulo volta a ficar lotado

Além da pressão em cima de Thiago Carpini,  o São Paulo precisa conviver com outro problema: o alto número de lesões no elenco. Mesmo ainda no começo da temporada, o Tricolor vem sofrendo com lesões repentinas, algo que, na visão do próprio treinador, atrapalha o andamento do trabalho.

Na derrota para o Talleres, na Argentina, pela estreia da Libertadores da América, Rafinha, Lucas Moura e Wellington Rato saíram machucados ainda no primeiro tempo de partida, antes do SPFC levar o primeiro gol.

A situação ficou ainda pior antes da partida contra o Cobresal, realizada nesta quarta-feira (10), no MorumBis. Isso porque Ferreirinha se machucou durante um treino no CT da Barra Funda, e teve constatada uma lesão no músculo adutor esquerdo. O próprio Carpini admitiu que isso o levou a mudar a formação da equipe contra os chilenos.

Dito isso, o “fantasma” do departamento médico voltou com tudo no São Paulo. O problema esteve presente no clube há alguns anos, e voltou a preocupar a comissão técnica e torcedores.  Por conta da situação, a diretoria do São Paulo marcou reuniões com todos os setores para saber mais informações sobre o que vem acontecendo com os jogadores do São Paulo.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Não é o trabalho (que causa lesões), não é a carga de trabalho, porque o fisiologista é o mesmo, os preparadores são os mesmos. Eu quero um time de mais intensidade, mais incisivo. Talvez mudanças de comportamento alterem algumas situações”, disse Carpini, depois de vencer o Cobresal.

Tricolor terá desfalques importantes nos próximos jogos

Contando com Ferreirinha, o São Paulo tem sete jogadores no departamento médico. Ele deve ficar fora de ação por, no máximo, dez dias. Lucas tem o prazo de retorno para o final do mês, enquanto as situações de Rafinha (fratura na fíbula) e Wellington Rato (lesão de sindesmose no tornozelo esquerdo) são mais complicadas. Moreira, Patryck e Luiz Gustavo.