Mais um representante do São Paulo convocado pra Seleção Brasileira

Acostumado a ceder jogadores do elenco à Seleção Brasileira, o São Paulo será representado por mais dois nomes. Tratam-se do roupeiro Valdeci Nascimento, e do fisiologista Luis Fernando de Barros.

Ambos foram chamados pelo técnico interino Fernando Diniz, visando integrar a delegação do Brasil. Ambos já se despediram momentaneamente do CT da Barra Funda, e já viajaram nesta segunda-feira (5).

O Brasil tem dois compromissos válidos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2026. Primeiro, encara a Bolívia neste sexta-feira (8), em Belém (PA), e na terça-feira (12), duela contra o Peru, em Lima.

Em entrevista ao site oficial do São Paulo, Luis Fernando de Barros se mostrou agradecido ao São Paulo e pela grata oportunidade de representar o seu país na maior seleção do mundo.

“O objetivo de qualquer profissional que trabalha no futebol é poder servir à seleção. Será uma experiencia diferente e um objetivo alcançado depois de um grande período no futebol. Graças ao São Paulo atingi esse status, mostrando nosso trabalho no clube e conhecendo pessoas que, posteriormente, podem nos dar uma oportunidade por nos conhecer e cientes do que podemos agregar”, afirmou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fisiologista revela que sempre sonhou em trabalhar no SPFC

Com 45 anos de idade, Luis integra o time da fisiologia esportiva desde 2007, sendo contratado pelo São Paulo em janeiro de 2020 visando compor a área da saúde do Tricolor do Morumbi.

Ele disse que trabalhar no São Paulo sempre foi um sonho de pequeno, já que o clube sempre foi uma referência no aspecto de gestão e saúde esportiva, principalmente no início dos anos 90.

“O clube é muito importante, e a seleção acaba sendo uma extensão deste trabalho. Sou muito grato ao São Paulo por ter me proporcionado essa oportunidade. Trabalhar no São Paulo sempre foi o meu objetivo desde a infância”, disse.

“Quando pensava em esporte, medicina e fisiologia, sempre visava chegar ao clube. O primeiro objetivo consegui atingir, e a seleção acaba sendo um plus que almejei e sabia que seria difícil conseguir. Felizmente, tenho essa oportunidade agora”, concluiu.