Luto: falece ex-treinador do São Paulo

Tarde triste para o torcedor do São Paulo. Faleceu nesta quinta-feira, dia 23 de novembro, Rubens Francisco Minelli, técnico campeão brasileiro pelo Tricolor em 1977. Jogador do clube antes de se aventurar na área técnica, Minelli tornou-se ídolo de outros gigantes clubes do país como Internacional, Palmeiras e Grêmio.

Iniciando sua carreira como treinador no América-SP em 1963, Minelli precisaria de poucos anos para alcançar o sucesso. Logo no fim da década, levou o Palmeiras ao título da Taça de Prata de 1969, reconhecida como Campeonato Brasileiro há 13 anos. Feito que ele repetiria por outras três oportunidades nos anos 1970.

Primeiro pelo Internacional, ao levar o histórico time de Paulo Roberto Falcão e companhia ao bicampeonato nacional em 1975 e 1976. No ano seguinte, voltaria a faturar o Brasileirão, dessa vez com o São Paulo. Eliminando o Operário-MT nas semifinais, o Tricolor acabaria superando o Atlético Mineiro nos pênaltis.

Natural da capital paulistana, Minelli completaria 95 anos no próximo dia 19. Seu último trabalho no futebol foi em 2003, quando exerceu o cargo de superintendente de futebol do Avaí. Desde então, ele curtia merecida aposentadoria em sua chácara em Valinhos, no interior de São Paulo.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ídolo do São Paulo teve Rubens Minelli como espelho

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, no dia 13 de agosto de 2006, o técnico Muricy Ramalho, ídolo da torcida do São Paulo, não poupou elogios para Rubens Francisco Minelli. Os dois trabalharam juntos no clube nos anos 70.

“Eu aprendi muito com o Minelli. Ele era um técnico inteligente. Não concordava muito com ele, na época, porque ele me tirou do time para colocar o Neca. Mas entendo que ele era um excelente técnico. Procuro tirar ele e o Poy como grandes exemplos de treinadores”, afirmou na época.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.