Luto eterno: São Paulo lamenta 20 anos de falecimento de lenda do clube

Neste dia 24 de janeiro, completam-se 20 anos do falecimento de Leônidas da Silva, um dos maiores ídolos da história do São Paulo e de todo o futebol nacional. Através de suas redes sociais, o Tricolor lançou uma nota oficial  relembrando os feitos do jogador.

“Há 20 anos falecia Leônidas da Silva, uma lenda do São Paulo e do futebol brasileiro.No Tricolor, o Diamante Negro disputou 211 jogos, marcou 144 gols e conquistou cinco vezes o Campeonato Paulista.Nossa eterna gratidão!”, publicou o clube.

O ex-atacante foi revelado pelo São Cristóvão, e vestiu a camisa de Bonsucesso, Vasco, Botafogo e Flamengo, último clube antes de defender o Tricolor. Fez sua estreia justamente em São Paulo e Corinthians, com mais de 70 mil pessoas no Pacaembu.

O “Diamante Negro” atuou  de 1942 a 1950 pelo Tricolor, levantando Campeonato Paulista em cinco oportunidades ( 1943, 1945, 1946, 1948 e 1949), a Taça dos Campeões Estaduais Rio de Janeiro-São Paulo três vezes (1943, 1946 e 1948) e a Taça Cidade de São Paulo em 1944. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Luto eterno: São Paulo lamenta 20 anos de falecimento de lenda do clubeLeônidas pela Seleção Brasileira

O atacante disputou duas Copas do Mundo (1934 e 1938) e se tornou um dos grandes jogadores da Amarelinha. Foi o artilheiro do Mundial de 1938 com oito bolas na rede, e apesar do terceiro lugar, foi eleito o melhor jogador do torneio.

Leônidas também sustenta o posto de melhor média de gols pela Seleção Brasileira em toda a história. Entrou em campo em 37 duelos, marcando exatamente 37 gols. Ele divide a liderança do ranking com Quarentinha, que marcou 17 gols no mesmo número de partidas.