Lula diz tudo o que pensa sobre o possível novo dono do São Paulo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) marcou presença no litoral de São Paulo na tarde desta sexta-feira (02). Ao lado do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos), Lula participou de cerimônia em Santos sobre a construção de um túnel que ligará a cidade ao Guarujá. O projeto receberá recursos federais e estaduais.

Em determinado momento do evento, o presidente se mostrou bastante incomodado com a privatização do porto de Santos, item, inclusive, defendido pelo governador do Estado. Critiando a política, Lula ainda aproveitou para cutucar o empresário Jorge Paulo Lemann, sempre especulado para investir no São Paulo.

“Nós queremos provar que esse porto com a sua autoridade portuária vai fazer tanto ou mais do que qualquer empresário faria nesse país. O grande gestor desse país era o cara da lojas Americanas, o Jorge Paulo Lemann, que quebrou a loja dele e o sistema financeiro brasileiro. E depois é o poder público que não sabe governar”, disse.

Curiosamente, Lemann também se tornou pauta em outro evento que contou com a presença do presidente nesta semana. Na edição de 2024 da Conferência Nacional de Educação, a Conae, pessoas presentes na plateia gritaram “Fora Lemann” enquanto o ministro da Educação, Camilo Santana (PT), discursava ao lado de Lula.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Procurada pela reportagem da Carta Capital, a Fundação Lemann preferiu não se pronunciar sobre. Natural do Rio de Janeiro e ex-jogador de tênis, o empresário é dono da maior cervejaria do mundo, a Ab InBev, além de ser sócio do 3G Capital, controladora de redes como Burger King, Tim Hortons e Kraft-Heinz.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.