Luciano marca e encerra ciclo no São Paulo

Nesta quarta-feira (8), o São Paulo venceu o Cobresal por 3 a 1, em Calama, no Chile, e garantiu sua classificação para as oitavas de final da Libertadores da América mesmo com dois jogos a serem disputados. Autor do gol de empate, Luciano ajudou a equipe a quebrar um ciclo negativo. Os outros gols foram marcados por Nestor e Calleri.

Isso porque o Tricolor quebrou um jejum que já durava 12 anos em relação às partidas fora de casa. Depois de passar a temporada de 2023 sofrendo para vencer longe do Morumbis, o SPFC alcançou cinco vitórias consecutivas como visitante.

A última vez que o Soberano ostentou números como esse foi em 2012, quando venceu o  XV de Piracicaba, Independente Tucuruí, Mirassol, Ituano e Bahia de Feira. Os duelos eram válidos pelo Campeonato Paulista e Copa do Brasil. Nenhuma dessas equipes citadas estavam na Série A do Brasileirão.

Em 2024, o Tricolor ressurgiu e bateu times importantes: Atlético-GO e Vitória pela elite do Brasileiro, Barcelona-EQU e Cobresal pela Libertadores, e Águia de Marabá-PA, pela Copa do Brasil. Em 13 partidas atuando fora de casa na temporada atual, o São Paulo acumula oito vitórias e somente três derrotas, obtendo um aproveitamento de praticamente 67%. Por sinal, o índice é maior em comparação com os duelos que o time joga no Morumbis (53%).

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Zubeldía vem caindo nas graças da torcida

Parte desse feito tem nome e sobrenome: Luis Zubeldía. Desde que assumiu o comando do São Paulo, o treinador argentino acumulou quatro vitórias e um empate nos primeiros cinco jogos. O triunfo em cima do Atlético-Go teve Milton Cruz como treinador interino. Agora, Zubeldía está muito perto de atingir a marca de Dorival Júnior em relação às vitórias como visitante, que chegaram a seis em 2023. 

“Gosto de equipes sérias e que têm os pés no chão. […] Estamos dando o melhor possível. É necessário prestar atenção nos jogos, dar bons passes, encontrar jogadores livres… Tenho um grupo que está ávido por tudo isso. Gosto disso porque sabemos onde podemos chegar. Estamos fazendo as coisas bem”, disse Zubeldía, na coletiva pós-jogo.