Luciano deixa ídolo do São Paulo pra trás e entra em ranking seleto

Polêmico ou não, Luciano passa a impressão que nasceu para jogar no São Paulo. ídolo da torcida, o atacante demonstra muito além da raça esperada pelos são-paulinos, mas seu desempenho dentro de campo é impecável, apesar de alguns deslizes de temperamento.

E na noite mágica desta quinta-feira (10), o camisa 10 do Soberano mostrou o seu valor, e o porquê de seu nome ser gritado com tanta euforia em  praticamente toda partida pelas arquibancadas do Morumbi.

Diante de mais de 51 mil pessoas presentes, o São Paulo venceu o San Lorenzo por 2 a 0, e garantiu a classificação para as quartas de final da Copa Sul-Americana. O primeiro gol foi marcado por Calleri, e Luciano fechou a conta na segunda etapa.

O camisa 10 recebeu um passe magistral de Rodrigo Nestor e só completou para o fundo da rede. Após o gol, ele atingiu mais um feito incrível com a camisa tricolor, se tornando o 4° maior artilheiro do SPFC neste século, superando Dagoberto.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O líder do ranking é Luis Fabiano, centroavante nato que marcou 212 gols pelo São Paulo neste século. Ele é seguido por Rogério Ceni (112), e França fecha o pódio com 69. 

Luciano assumiu a quarta colocação com 62 bolas no fundo da rede, enquanto Dagoberto, vencedor do bicampeonato brasileiro em 2007 e 2008, marcou 61 vezes com o manto vermelho, branco e preto.

Luciano não poderá jogar contra o Corinthians

Dono de gols decisivos, Luciano foi suspenso na partida de ida da semifinal da Copa do Brasil, na derrota por 2 a 1 para o Corinthians, em Itaquera. O atacante são-paulino tomou um cartão amarelo em sua comemoração do gol, e foi suspenso. Logo, não poderá entrar em campo na volt, marcada para esta quarta-feira (16), no Morumbi.

Será uma ausência de peso no ataque são-paulino, visto que o camisa 10 cresce nos momentos decisivos. Em contrapartida, o técnico Dorival Júnior contará com Lucas Moura e James Rodríguez.