Luciano assume o lugar de Calleri no São Paulo

Retomando a boa fase sob o comando de Luis Zubeldía, Luciano mostrou um aumento de produção no setor ofensivo, se tornando o artilheiro do São Paulo na temporada. O camisa 10 balançou as redes em duas oportunidades no último domingo (5), na vitória por 3 a 1 em cima do Vitória, no Barradão, pelo Campeonato Brasileiro, e chegou a sete bolas na rede em 2024, um a mais que Calleri.

Por sinal, o crescimento de Luciano se dá por seu posicionamento. O jogador acaba rendendo mais atuando como um segundo atacante, formando dupla com o argentino. Ele também chegou a atuar como um meia-atacante, setor que não consegue render o esperado.

Exemplo disso foi na vitória por 2 a 0 diante do Barcelona de Guayaquil, no Equador, pela Libertadores, partida que marcou a estreia de Zubeldía. Na ocasião, o treinador argentino o escalou como um meia-ofensivo pelo meio, enquanto Calleri, Ferreira e André Silva formaram o trio de ataque. Luciano passou longe de ser um dos destaques na partida.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

No empate sem gols contra o Palmeiras, no Morumbis, Luciano jogou mais avançado junto a Calleri e André Silva. Apesar disso, também não fez uma boa partida, sendo muito criticado pelos torcedores nas redes sociais. Foi substituído faltando cinco minutos para o fim, dando lugar a James Rodríguez.

Luciano pode continuar como segundo atacante contra o Cobresal

Voltou a atuar perto da área contra o Vitória, justamente na posição em que se sente mais confortável. O resultado: artilheiro do clube na temporada.  Agora fica a dúvida do torcedor em relação à próxima partida.

Nesta quarta-feira (8), o São Paulo enfrenta o Cobresal, no Chile, pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores da América. Resta saber se Zubeldía irá escalar Luciano mais a frente ou como um meia-armador.