Lucas Moura revela torcida mais chata de se enfrentar no Brasil

O futebol brasileiro alcançou um alto nível recentemente, algo esperado por todos os fanáticos pelo esporte. Agora, é muito comum vermos estádios lotados com frequência, fora os grandes craques que optam por seguir carreira no país, como Luís Suárez, James Rodríguez, Hulk, entre outros.

Um dos jogadores que atuou em bom nível na Europa e acabou retornando ao Brasileirão é Lucas Moura, Após 11 anos divididos entre o Paris Saint-Germain (França) e o Tottenham (Inglaterra), o meia-atacante cumpriu sua promessa feita após a final da Copa Sul-Americana em 2012, e voltou ao São Paulo.

E mesmo em pouco tempo de volta ao Morumbi, ele vem sendo um dos jogadores mais consistentes e decisivos do time. Realizou seu sonho recentemente, ao se tornar campeão da Copa do Brasil, título inédito na história do clube.

Em entrevista antes de seu retorno ao Tricolor ao canal ‘Cara a Tapa’, Lucas foi questionado sobre a torcida mais complicada de jogar contra em todo o futebol brasileiro neste momento atual.

Sem pensar duas vezes, Lucas comentou sobre a dificuldade em jogar na Arena da Baixada, citando a torcida do Athletico-PR como uma que costuma pressionar muito os times visitantes. “Lá na Arena da Baixada era embaçado de jogar”, comentou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

SPFC confiante em renovação de Lucas

Após a conquista da Copa do Brasil, o São Paulo garantiu vaga na Libertadores da América, competição tal qual Lucas nunca disputou como protagonista no Morumbi. A vaga no maior torneio sul-americano pode ser um trunfo para renovar seu vínculo.

Isto porque o contrato de Lucas Moura é válido somente até o final de dezembro. Ou seja, ele já pode assinar um pré-acordo com qualquer clube interessado e sair a custo zero em janeiro. Pelo amor ao clube e boa adaptação da família, o presidente Julio Casares está otimista que ele assinará mais um vínculo no Morumbi.