Lucas Moura não deixa barato decisão do Palmeiras e faz cobrança

Atualmente com um pequeno problema na coxa, Lucas Moura levanta dúvidas aos torcedores do São Paulo. Após a vitória contra o Corinthians na última terça-feira (30), o camisa 7 foi questionado se ele estaria em campo na Supercopa do Brasil diante do Palmeiras, mesmo que o duelo fosse disputado no Allianz Parque, estádio que conta com gramado sintético.

A grama artificial do local vem sendo criticada publicamente não só pelos próprios jogadores, mas também por dirigentes e treinadores. Apesar de toda a polêmica envolvendo o gramado, Lucas afirmou que jogaria por ser uma decisão.

“Não esperava essa pergunta aí… Se fosse no Allianz, por ser uma final eu iria querer estar em campo. Independentemente do gramado, por ser uma final, um jogo que vale título, ia ter que ir para o jogo e dar meu melhor”, disse, ainda na zona mista da Neo Química Arena.

Aproveitando o gancho, Lucas comentou sobre a situação dos gramados sintéticos no Brasil. Ele se mostrou contra a prática, e pediu para que haja uma padronização dos campos de futebol no país, já que grande parte dos atletas profissionais são favoráveis à grama natural.

“Mesmo sem estar lesionado, já que você levantou esse assunto, eu acho que gramado sintético não é saudável para o futebol, não só para as lesões. A grande maioria dos jogadores prefere a grama normal pelo estilo de jogo. Uma coisa é jogar pelada com os amigos no fim de semana, outra é jogar um futebol profissional de alto nível com a competitividade do Brasil. Acho que deveria ser padronizado gramado natural para não termos problemas com isso”, finalizou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Vale destacar que somente três clubes da Série A do Brasileirão contam com estádios com grama sintética:Palmeiras (Allianz Parque), Athletico-PR (Ligga Arena) e Botafogo (Nilton Santos). Contudo, o Atlético-MG caminha a passos largos para a Arena MRV contar com a mudança em breve.

Lucas continua como dúvida para a Supercopa

O ídolo são-paulino ainda não está 100% de uma lesão sofrida ainda na estreia na temporada, durante vitória contra o Santo André. Depois de ficar fora de dois jogos, ele retornou a campo contra o Corinthians, mas sentiu o local novamente.

Ele ainda é dúvida para o confronto com o Palmeiras, neste domingo (4), no Mineirão, pela Supercopa. Contudo, ele irá viajar com a delegação, e segundo o jornalista Gabriel Sá, existe a possibilidade de atuar no sacrifício.