Léo Moura se manifesta sobre o caso Daniel Alves

Durante o desfile das escolas de samba do Carnaval do Rio de Janeiro, o ex-jogador Léo Moura foi uma das celebridades que estiveram presentes na Sapucaí. Em entrevista a jornalista Fábia Oliveira, ele comentou sobre a situaão de Daniel Alves, acusado de estupro na Espanha.

“Acho que cada um escolhe o seu caminho, né? A gente fica triste, porque são companheiros de trabalho, mas a gente sempre vai estar na torcida para que toda a situação se reverta”, disse.

Léo ficou em cima do muro e não quis comentar se acredita na inocência ou não do jogador. Contudo, deixou a mensagem de que isso é papel para as autoridades locais resolverem, no caso, a Justiça da Espanha.

“É difícil a gente falar, porque a gente não sabe o que realmente aconteceu, né? Tudo isso está sendo um pré-julgamento, mas acho que a Justiça vai dar o melhor caminho”, finalizou Leo Moura.

Mais sobre o caso de Daniel Alves

O julgamento de Daniel Alves durou três dias e foi finalizado no último dia 7. As autoridades ainda tomarão a decisão oficial em, no máximo, um mês. Ele é acusado de violência sexual contra uma mulher de 23 anos, em uma boate em Barcelona, no final de dezembro de 2022. Ele está preso de maneira preventiva há um ano.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Por um lado, a defesa da mulher pede que o brasileiro enfrente a pena máxima de 12 anos preso. Pelo outro, o Ministério Público solicitou nove anos de cadeia. A defesa do atleta alega embriaguez no dia do ocorrido, podendo ser um fator atenuante na sentença.