Leila ativou o modo Luísa Sonza e atacou o São Paulo na Globo

Um dos nomes mais famosos da indústria pop brasileira, a contora Luísa Sonza chamou a atenção do país ao anunciar o término de seu namoro com o influenciador Chico Veiga, o “Chico Moedas”, durante o programa Mais Você, comandado pela apresentadora Ana Maria Braga. Na ocasião, Luísa revelou que foi traída pelo ex-companheiro.

Meses depois, agora é a vez de Leila Pereira, atual presidente do Palmeiras, “tomar” o lugar da cantora. Também presente na atração matinal da Rede Globo, a mandatária do rival não poupou críticas a postura de dirigentes do São Paulo após o polêmico clássico Choque-Rei disputado no início deste mês.

Leila Pereira Mais Voce
Leila Pereira presenteia Ana Maria Braga em participação no Mais Você — Foto: Camila Alves

Durante a conversa, Leila criticou o acordo feito pelo Tricolor com o Tribunal de Justiça Desportiva: “O que esperávamos era um julgamento. O que não pode acontecer são pedidos falsos de desculpas e abrindo precedentes muito complicados porque agora você pode xingar e só pagar uma multa e tudo bem”.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

A mandatária ainda concluiu: “Fiquei muito revoltada com o acordo que fizeram. Os jogadores e dirigentes tinham que ter sido julgados pelo que fizeram”. Logo após o clássico, dirigentes e atletas do São Paulo demonstraram toda a sua indignação com a polêmica arbitragem de Matheus Delgado Candançan.

Técnico não aceitou desculpas de dirigente

Um vídeo vazado nas redes sociais ao longo desta terça-feira (12) voltou a reacender as polêmicas em torno do clássico entre São Paulo e Palmeiras, disputado no início do mês. Nele, Carlos Belmonte, diretor de futebol do São Paulo, pede desculpas a Abel Ferreira, comandante do Alviverde, por tê-lo chamado de “português de merda”.

De acordo com o portal Trivela, a gravação chegou até Abel Ferreira, mas o pedido de desculpas não amoleceu o técnico. Pessoas ligadas ao português afirmam que Abel espera uma punição ainda mais grave ao dirigente do São Paulo. Em recente entrevista, o português deixou em aberto a possibilidade de processá-lo.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.