Kléber Gladiador é do Corinthians! Foi confirmado

Kléber Gladiador ainda é um dos atacantes mais lembrados pelos torcedores de diferentes clubes brasileiro. Apesar de ter sido revelado pelo São Paulo, se tornou xodó da torcida do Palmeiras, quando foi campeão paulista em 2008.

Apesar de ter jogado com a camisa desses dois clubes, Kleber era torcedor do Corinthians na infância. Por sinal, a divulgação foi feita pela própria Gaviões da Fiel, principal organizada do Alvinegro, que divulgou uma foto da carteirinha de sócio do jogador quando era mais novo.

Em entrevista ao “PodPorco”, o ex-centroavante disse que tem “raiva” do Corinthians hoje em dia, muito por conta do episódio do vazamento feito pela organizada. Apesar disso, ele confirmou que costumava ir aos jogos do time com seu pai.

“Eu não sabia que ia vazar (a carteirinha). Eu nem lembrava. Meu pai me levava muito em jogo, mas isso eu tinha 12, 14 anos. Eu não sou Corintiano. Pelo contrário, hoje eu tenho mais raiva do Corinthians do que você imagina. Por causa dos jogos contra o Corinthians, a gente sempre era prejudicado contra eles, sempre tinha tumulto contra o Corinthians, eles soltaram o negócio da gaviões pra me f…, então hoje, eu não tenho motivo nenhum pra gostar do Corinthians”, disse.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ainda na mesma entrevista, Kléber disse que sempre foi bem tratado no Palmeiras, e que acabou desenvolvendo um carinho a mais pelo clube.  Pelo Alviverde, o ex-jogador acumulou 119 jogos disputados e 39 gols marcados.

“Eu gosto de onde eu fui tratado bem. Quando eu era moleque, eu tinha influência das pessoas para torcer para um time. Do seu pai, da sua mãe, do seu avô. Quando você cresce, você torce para o que você gosta, é a sua escolha. E a minha escolha, hoje, é gostar de onde eu vivi bem, de onde eu fui tratado bem”, continuou, antes de admitir que seu filho é palmeirense.

“Meu filho hoje é palmeirense, mas eu deixo ele torcer pra quem quiser. Diferente do meu pai, que me obrigou a torcer para o Corinthians”, finalizou o ex-atacante.