Kaká se pronuncia sobre ida para o Corinthians

Ídolo do São Paulo, o ex-meia Kaká é mais um exemplo de sucesso do trabalho das categorias de base do Tricolor. Depois de pendurar as chuteiras, o ex-atleta continua em alta na mídia, participando de entrevistas e jogos festivos tanto no Brasil quanto no exterior.

Ainda em 2019, Kaká foi convidado para participar de um programa do antigo canal da Fox Sports. Na ocasião, ele foi questionado se sua grande frustração na carreira foi não ter defendido as cores do Corinthians. Sua resposta levou os são-paulinos à loucura.

“Eu fiz uma escolha na minha carreira em só jogar em time grande (risos)”, disse o ex-jogador, de bom humor. 

Kaká foi revelado pelo São Paulo, não demorando muito para chamar a atenção do Milan, da Itália. Por lá, se tornou ídolo da torcida e conquistou diversos títulos, incluindo a Liga dos Campeões de 2007, mesmo ano em que ganhou a Bola de Ouro da Fifa. Por sinal, foi o último brasileiro a vencer o prêmio de melhor jogador do mundo. Ainda atuou pelo Real Madrid e Orlando City.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Kaká quer ser dono de clube no futuro

Depois de anunciar aposentadoria em 2017, Kaká vem realizando diversos cursos para continuar no futebol. Recentemente, ele recusou um convite para se tornar dirigente da Confederação Brasileira de Futebol. Além disso, revelou, em entrevista ao site Quinto Quarto, que talvez venha a ser dono de um clube.

“É uma das coisas que eu penso sim. Ter um time. Assim você acaba participando um pouco mais diretamente das decisões estratégicas, decisões de negócios, participar do todo. Gosto muito dessa ideia de uma gestão geral. É algo que eu gostaria, mas ainda não encontrei uma oportunidade nesse sentido. Não apareceu um projeto para que eu participe como sócio que eu tenha visto a chance de um trabalho a longo prazo”, revelou.