Kaká decide sair do Santos

Apesar da fase não estar boa, o Santos continua sendo uma das maiores potências do futebol brasileiro. Embora o time masculino esteja na Série B do Campeonato Brasileiro, as Sereias da Vila vivem uma crescente no futebol feminino.

Contudo, o time sofreu um baque na última terça-feira (2), quando a zagueira Kaká anunciou sua despedida do clube através de uma publicação em suas redes sociais. A saída foi muito contestada pela torcida.

Quero agradecer primeiramente a Deus por ter me dado a oportunidade de trabalhar em um dos maiores clubes do Brasil. Agradecer ao Santos por todo apoio e suporte, aos meus amigos que estão sempre me dando forças, a toda Nação Santista por ter me abraçado da melhor forma possível e em especial as minhas companheiras de time”, disse ela em um trecho da publicação.

Nascida em Brasília (DF), Andressa Karolaine Freire Gomes foi apelidada de Kaká, e iniciou sua trajetória no futebol profissional em 2018, quando defendia o então Minas Icesp, que se tornou o Minas Brasília nos tempos recentes. Ela foi contratada pelo Santos em 2022, com 24 anos de idade.

Atuando no Minas Icesp, Kaká levantou o Campeonato Brasiliense Feminino de 2018, além do Campeonato Brasileiro Feminino A2, também na mesma temporada. Ela acumulou o total de 42 partidas pelo Santos, marcando três gols.

De acordo com informações divulgadas pelo jornalista Luis Pacca, Kaká deve ser contratada pelo São Paulo nos próximos dias. Ainda não há nada oficial, e o clube ainda não anunciou nada de forma oficial.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Leia a despedida de Kaká

“A vida de todo atleta é feita de ciclos, hoje encerro mais um ciclo da minha vida.

Quero agradecer primeiramente a Deus por ter me dado a oportunidade de trabalhar em um dos maiores clubes do Brasil. Agradecer ao Santos por todo apoio e suporte, aos meus amigos que estão sempre me dando forças, a toda Nação Santista por ter me abraçado da melhor forma possível e em especial as minhas companheiras de time

Mulheres corajosas e empoderadas.

Foram dois anos de muitos aprendizados e desafios que eu vou levar pra sempre comigo.

O Santos é gigante e tem que ser respeitado

Até breve Santos”