Justiça bateu o martelo e Daniel Alves sairá da cadeia em menos de 3 anos e meio

Na última quinta-feira (22), Daniel Alves foi condenado a nove anos de prisão por agressão sexual. Após a decisão da Justiça da Espanha,  brasileiro terá que cumprir uma pena de quatro anos e seis meses.

O advogado Angel Vazquez, que possui licenciatura tanto no Brasil quanto na Espanha, concedeu uma entrevista à CNN Brasil. Ele explicou que por ter cumprido mais de um ano de prisão preventiva (desde o dia 20 de janeiro de 2023), ele poderá sair da cadeia daqui a um ano dependendo do comportamento. Contudo, a ideia é que ele fique mais 3 anos e cinco meses preso.

“A prisão preventiva ele já cumpriu. E ela contabiliza nestes 4 anos e meio de condenação. Fazendo as contas, ele poderia sair em Julho de 2025, com 2 anos e 2 meses, cumprindo assim a metade da pena. Com 50 por cento da pena ele poderia sair para se reintegrar à sociedade. O bom comportamento dele na prisão será levado em consideração para este benefício”, revelou o advogado.

Vale lembrar que o Ministério Público solicitou uma pena de nove anos para Daniel Alves. Por outro lado, a defesa da vítima pediu que fosse aplicada a pena máxima (12 anos) para este tipo de crime na Espanha.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Daniel teve diversos pedidos de liberdade provisória negados durante o processo, já que as autoridades espanholas alegavam risco de fuga ao Brasil. Sua defesa alega que ele estava embrigado como um fator atenuante. Ele ainda pode recorrer a decisão.

Junto aos quatro anos e meio preso, o brasileiro também terá que cumprir mais cinco anos de liberdade vigiada, após cumprir a pena na cadeia. Para finalizar, ele não pode se aproximar a menos de um quilômetro da casa ou trabalho da vítima.