Julio Casares faz grande anuncio e torcida já comemora

Em êxtase após a conquista da Supercopa do Brasil, o presidente Julio Casares anunciou uma novidade que criou ainda mais expectativas positivas no torcedor são-paulino. Ativo em suas redes sociais, ele divulgou a mudança em seu Instagram.

O mandatário esteve em uma reunião do Conselho de Administração do Morumbis,  na qual discutiu sobre diversos aspectos do clube no geral, assim como a divisa e alguns outros departamentos.

Casares disse que um projeto foi aprovado que aborda a questão das ações administrativas do São Paulo, e prometeu a formação de uma diretoria profissional, que será elaborada para cuidar de outras áreas. Dentre elas, a criação do cargo de Superintendente da Gestão, dado a Marcio Carlomagno.

Além disso, Erika Podadera comanda a Diretoria Administrativa do clube, e Érica Duarte está à frente da Diretoria Jurídica. Na visão do presidente, a adição de mulheres a cargos de suma importância é algo como “positivo”. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ele também não deixou de mencionar a conquista da Supercopa do Brasil, conquistada no último domingo (4), diante do Palmeiras, no Mineirão, em Belo Horizonte.

“Estamos vendo mais mulheres nos cargos de comando da Instituição. Algo muito positivo. Todos saborearam fotos com a nossa taça ‘caçula’”, disse Casares, elogiando a atuação da cúpula e mencionando a Supercopa.

Gestão vai bem e Casares está garantido até o final de 2026 no SPFC

Vale lembrar que Julio Casares está no comando do São Paulo desde o início de 2021. De lá para cá, o clube passou por uma reforma interna. O resultado foi sentido dentro de campo, uma vez que o time chegou a cinco finais, vencendo três delas (Campeonato Paulista de 2021, Copa do Brasil de 2023 e Supercopa do Brasil de 2024).

Com a mais nova mudança na gestão do presidente pelos próximos três anos (Casares foi reeleito no final do ano passado), o mandatário quer deixar um legado dentro do clube e entregar uma situação favorável ao próximo do cargo, apenas no final de 2026.