Julio Casares está tranquilão, São Paulo tem apenas 4 contratos para resolver fim do ano

Eleito como o 25º presidente da história do São Paulo, o advogado Julio Casares está no último ano de seu mandato à frente do Tricolor. Campeão estadual em 2021, o mandatário vive a expectativa de conquistar o seu primeiro título nacional neste domingo. Para isso, Dorival Jr. e companhia precisam de apenas um empate.

Com “apenas” uma preocupação dentro de campo, Casares enfrenta uma forte turbulência fora dele. Tudo porque, ainda este ano, o dirigente será um dos candidatos na eleição presidencial do São Paulo. Recentemente, ele confirmou sua candidatura para a reeleição, onde buscará um novo mandato de três anos.

Com a parte política do clube pegando fogo, o presidente terá poucas situações para se preocupar quanto ao atual elenco são-paulino. Isto porque somente quatro atletas tem contratos próximos do fim: Lucas Moura, Rafinha, Alexandre Pato e Caio Paulista, este último emprestado pelo Fluminense até dezembro deste ano.

Enquanto Caio poderá ser comprado de forma definitiva por cerca de R$ 20 milhões, Lucas Moura e Rafinha já são pauta nos bastidores para possíveis renovações contratuais. Uma das grandes contratações do ano, Lucas é visto como prioridade. Já Pato, de volta para sua terceira passagem pelo clube, ainda não tem situação definida.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Presidente tentará reeleição no São Paulo

Eleito em dezembro de 2020, Casares assumiu o posto de presidente do São Paulo no mês seguinte sob enorme pressão. Próximo do último ano de seu primeiro mandato, o dirigente enfim anunciou que tentará a reeleição. Ao longo de 2023, o Conselho Deliberativo voltou a liberar a possibilidade de dois mandatos consecutivos.

Em entrevista ao tradicional programa Roda Viva, da TV Cultura, o mandatário confirmou o interesse em permanecer na presidência: “Sou candidato à reeleição. Vamos disputar, sim. Sinto que a gestão esportivamente é bem avaliada porque voltou a autoestima do torcedor, a resposta é o torcedor batendo recordes”.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.