Juiz de São Paulo x Fluminense acaba de ser suspenso

Nesta segunda-feira (13), o São Paulo recebe o Fluminense, às 20h (de Brasília), no Morumbis, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe comandada pelo técnico Luis Zubeldía está em uma sequência invicta de seis partidas (cinco vitórias e um empate) e visa subir ainda mais no torneio.

O gaúcho Anderson Daronco foi o escolhido pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) para apitar a partida. A notícia causou estranheza nos torcedores, já que ele foi suspenso de forma oficial pela Conmebol.

A entidade sul-americana optou pela decisão depois de sua atuação na partida Nacional e River Plate, realizada no Uruguai.  Na ocasião, Daronco não aplicou cartão vermelho em um atleta do time uruguaio depois de falta violenta no jogador do River.  O VAR chamou o árbitro gaúcho para a revisão do lance, e mesmo assim, Daronco decidiu manter sua decisão de campo (cartão amarelo e falta). 

Depois de diversas reclamações, a Conmebol revisou a atuação do brasileiro e o suspendeu de seus torneios. Mesmo assim, ele ainda é uma referência na CBF e deve continuar apitando partidas do Brasileirão e Copa do Brasil.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Daronco “travou” jogo, que ficou abaixo da recomendação da Fifa

Outra pinto contra a atuação de Daronco no duelo da Libertadores foi o tempo de bola rolando. De acordo com a ferramenta 365 Scores, a partida entre Nacional e River contou com somente 45 minutos e seis segundos de jogo com bola rolando. A recomendação da FIFA é de 60 minutos. 

O duelo contou com 108 paralisações, perdendo somente para o confronto entre Caracas-VEN e Peñarol-URU, que teve 129. Ainda não se sabe por quanto tempo Anderson Daronco continuará suspenso pela Conmebol.