Jornalista não alivia e detona o Corinthians

Nesta quarta-feira (26), o Corinthians empatou em 1 a 1 contra o Cuiabá, na Neo Química Arena, pela 12° rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe comandada pelo técnico António Oliveira perdeu a chance de sair da zona do rebaixamento e foi muito criticada pelo jornalista André Rizek.

Através de  vídeo divulgado no site do Globo Esporte, o jornalista disse que, em uma situação hipotética de rebaixamento, o Corinthians teria dificuldades para garantir o acesso à elite novamente, em Seattle, parecida com a que vive o Santos atualmente. 

“Afirmo sem nenhum exagero. Esse time do Corinthians, do jeito que está, teria dificuldade de subir da Série B para a Série A, se jogasse a segunda divisão. O buraco é muito grande. Para mim é realidade. Faço uma comparação com o Santos, que hoje é o quinto colocado da Série B, e está fora da zona de acesso”, iniciou.

Rizek fez questão de lembrar que o próprio Santos somou algumas vitórias contra equipes da Série A do Brasileirão durante o Campeonato Paulista. Por outro lado, o Corinthians só venceu um adversário da elite.

“O Santos de 2024 já teve quatro vitórias contra adversários da elite, ganhou do próprio Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Bragantino. Sabe quantas vitórias o Corinthians tem até esse momento contra times da Série A do Brasil: só uma, contra o Fluminense. Acho que tem um nível parecido com o elenco do Santos. Se eu vejo o Santos com dificuldade na Série B, eu veria o Corinthians também. O problema claramente não é vontade, tanto que foram buscar empates nos dois jogos saindo atrás do placar.  Essa é a realidade do time hoje, o time é fraco”, prosseguiu o jornalista.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Corinthians deve continuar na zona de rebaixamento

Na entrevista coletiva após o empate com o Cuiabá, António Oliveira fez questão de “baixar os ânimos” da torcida e admitir que a situação é complicada. Para piorar, o Corinthians tem um clássico na próxima rodada.

O elenco é limitado e o  clube vive um caos administrativo. É um cenário perfeito que vai se desenhando rodada após rodada. Está estacionado na zona de rebaixamento e o próximo jogo é contra nada mais nada menos do que o Palmeiras, no Allianz Parque”, finalizou Rizek.