Jornalista libera quentinha sobre dívida do São Paulo com Daniel Alves

Mesmo condenado a quatro anos e meio de prisão pela Justiça da Espanha por agressão sexual a uma jovem de 23 anos na cidade de Barcelona, o ex-lateral Daniel Alves continua sendo assunto nos bastidores do São Paulo. E tudo por conta do pagamento da dívida pela sua polêmica passagem pelo Morumbi entre 2019 e 2021.

Deixando o clube pela porta dos fundos após se negar a entrar em campo enquanto o Tricolor não acertasse os valores pendentes, Daniel Alves entrou em um acordo com a diretoria de Julio Casares para receber o robusto valor de forma parcelada. Desde então, ele ainda consta na folha salarial são-paulina com R$ 450 mil por mês.

O assunto, é claro, voltou a ser noticiado e inúmeras especulações davam contam de que o São Paulo teria atrasado parcelas da dívida. Mas, segundo informações do jornalista Alexandre Zanquetta, do portal Blog do São Paulo, elas não passam de fake news. O clube continua fiel ao acordo firmado com o jogador.

“Recordo: é uma confissão de dívida, não é uma opção pagar ou não, é um compromisso muito sério e com implicações graves e severas em descumprimento. Isto posto, não há atrasos, inconsistências, inadimplências. Reforçamos a informação junto ao São Paulo: são R$ 25 mi divididos em 450k mensais”, disse Zanquetta.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Em recente entrevista para a Folha de São Paulo, o presidente Julio Casares confirmou que continua arcando com o acordo firmado após a polêmica saída do lateral em setembro de 2021: “Na saída dele fizemos uma confissão de dívida e um acordo que baixou de R$ 50 milhões para R$ 25 milhões. Estamos pagando”.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.