Jornalista critica o São Paulo por empate no Paulistão

Na última terça-feira (23), o São Paulo empatou em 1 a 1 diante do Mirassol, fora de casa, pela segunda rodada do Campeonato Paulista. O gol do adversário foi marcado por Luiz Otávio, enquanto Giuliano Galoppo deixou tudo igual.

O Tricolor chegou a virar a partida com mais um gol de Galoppo, desta vez de fora da área. Contudo, o árbitro do VAR analisou o lance e optou em marcar impedimento de Jonathan Calleri, que estava à frente do goleiro Muralha.

Através de sua coluna no UOL Esporte, o jornalista Milton Neves analisou a partida do São Paulo. Ele destacou o fato de Lucas Moura, principal jogador do SPFC, ter sido deixado de fora pela comissão técnica.

“Thiago Carpini resolveu poupar sua maior estrela, Lucas Moura, que nem viajou a Mirassol, e deu no que deu…”, escreve  comentarista esportivo. Vale lembrar que o camisa 7 sentiu câimbras e foi substituído durante a estreia contra o Santo André, na qual o SPFC venceu por 3 a 1, no Morumbis.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Milton escreveu o texto criticando a performance do Tricolor, intitulado de “O São Paulo é um time bem comum sem Lucas Moura”. Na sua visão, o Soberano errou ao tentar buscar o resultado somente após o gol adversário.

SPFC é dependente de Lucas, diz Milton Neves

Mesmo com boas atuações de Galoppo, que voltou a atuar depois de praticamente nove meses, e de Calleri, outro que retornou de uma cirurgia recentemente, o São Paulo é um time dependente de Lucas Moura.

“Fica bem comum e a mercê da própria sorte. Lucas Moura é aquele jogador quem no jargão popular, ‘chama a responsabilidade’: É diferenciado mesmo, que dá cadência ao time. E quando o São Paulo não contar com ele, que já não é nenhum menino, as coisas serão complicadas”, concluiu Milton Neves.

O São Paulo volta a campo no próximo sábado (27), às 18h, no Morumbis, diante da Portuguesa, pela terceira rodada do Campeonato Paulista. O time comandado por Thiago Carpini somou quatro pontos (uma vitória e um empate).