Jornalista critica direção do São Paulo

Na última quarta-feira (19), o São Paulo perdeu por 1 a 0 para o Cuiabá, no Morimbis, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. A derrota marcou o fim da sequência de invencibilidade da equipe, que durou 13 partidas. O Tricolor não sabia o que era derrota desde 17 de abril, quando foi superado por 2 a 1 para o Flamengo, no Maracanã, última partida sob o comando de Thiago Carpini.

Em participação no programa UOL News Esporte, o jornalista Arnaldo Ribeiro analisou a partida e as consequências de uma ação da diretoria. Segundo ele,o aumento dos preços dos ingressos acabaram prejudicando o desempenho do Tricolor. O Morumbis recebeu um público pouco superior a 33 mil pessoas, a menor marca em toda a temporada. 

“Esse aumento do preço dos ingressos, com o Morumbi vazio, porque hoje 33.000 pessoas é um Morumbi vazio, acho que é simbólico o ato da direção de aumentar o preço dos ingressos. Nesse momento do campeonato, é um ato de desmobilização institucional”< iniciou o jornalista.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Casares, que viajou recentemente aos Estados Unidos, é criticado por Arnaldo

Arnaldo também não poupou o presidente Julio Casares de críticas. O mandatário viajou aos Estados Unidos recentemente para acompanhar a CBF na Copa América, já que foi nomeado chefe de delegação da Seleção Brasileira.

“O ato do presidente do São Paulo, que no dia do jogo com Cuiabá está no aeroporto embarcando para os Estados Unidos chefiar a delegação da seleção brasileira na Copa América, idem — é um sinal de desmobilização. O treinador recém-chegado não sabe o que está acontecendo, ele treinador não está desmobilizado, mas institucionalmente o São Paulo não se mobiliza para esse campeonato que é uma maratona de poucos erros”, finalizou Arnaldo Ribeiro.