John Textor pode ser preso por acusações contra o São Paulo?

Dono da SAF do Botafogo, o empresário John Textor decidiu pôr ainda mais lenha na fogueira em sua polêmica com o Palmeiras quanto ao Campeonato Brasileiro da última temporada. Durante participação no programa Canal do Medeiros, no Youtube, Textor garantiu ter evidências de que o Alviverde foi beneficiado na luta pelo título.

E sobrou até para o São Paulo. Horas depois da entrevista, o norte-americano afirmou, em texto publicado em seu site e sem apresentar provas, que jogadores tricolores manipularam a partida contra o Palmeiras no segundo turno do Brasileirão, que terminou 5 a 0 para os comandados do técnico português Abel Ferreira.

Textor afirma que cinco jogadores do São Paulo atuaram para manipular o clássico da 29ª rodada do torneio, momento em que o Botafogo ainda liderava a competição: “O jogo entre Palmeiras e São Paulo em outubro de 2023 foi, de acordo com especialistas e inteligência artificial, manipulada por ao menos cinco jogadores”.

Provocando um verdadeiro “furacão” no futebol brasileiro, John Textor pode responder tanto na esfera criminal quanto na civil. O São Paulo, por exemplo, prometeu tomar “medidas cabíveis” quanto ao caso horas depois da publicação do texto por parte do empresário.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Veja a nota oficial do São Paulo sobre o caso

“O São Paulo Futebol Clube tomou conhecimento e repudia veementemente as graves e infundadas acusações de participação de atletas do elenco tricolor em manipulação de resultado feitas pelo dono da SAF Botafogo.

Tal afirmação sem nenhum vestígio de prova ataca a idoneidade de jogadores do elenco profissional masculino e a lisura da instituição São Paulo FC em seus 94 anos de história.

O clube já acionou seu departamento jurídico, que estudará e tomará as medidas cabíveis na esfera legal.”

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.