Jogadores do São Paulo podem processar Textor após acusações

John Textor, dono da SAF do Botafogo, causou uma revolta nos dirigentes de diferentes clubes do Brasil ao afirmar que o Campeonato Brasileiro de 2023 foi manchado por esquemas de manipulação. Dentre as partidas, o norte-americano citou uma do São Paulo.

Na ocasião, o Tricolor havia sido goleado por 5 a 0 contra o Palmeiras, no Allianz Parque. No relatório divulgado pela empresa Good Game, alguns jogadores do São Paulo foram citados em possíveis ações consideradas “anormais”.

Nesta quinta-feira (6), o diretor de futebol do São Paulo, Carlos Belmonte, comentou sobre toda a história envolvendo as acusações de John Textor. Ele garantiu que o departamento jurídico do clube está à disposição dos jogadores, que devem entrar com ações judiciais contra o empresário.

“É uma situação irresponsável, inadmissível e inacreditável o que está sendo feito, este relatório desta empresa e que está sendo usado pelo Textor. O Presidente Julio já tinha comentado também na CPI e digo que colocamos nosso corpo Jurídico à disposição dos atletas que quiserem individualmente irem à Justiça contra este relatório. A questão do goleiro Rafael, chega a ser grotesca”, iniciou.

O dirigente comentou sobre a partida que marcou o Brasileirão. O Botafogo vencia o Palmeiras por 3 a 0, em casa, mas acabou tomando a virada no segundo tempo e praticamente perdendo o título.

“E é incrível que eles, já que eu nem acredito no que vou questionar aqui, não analisaram um penalti perdido pelo Botafogo num jogo que decidiria o campeonato, um gol em que o goleiro fica procurando a bola debaixo dele e do gol e não encontra e sai o gol adversário, um time que sofre muitas viradas na fase final de jogos que não são comuns no futebol”, prosseguiu.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Jogadores do SPFC não estão envolvidos nos esquemas, garante Belmonte

Por fim, Carlos Belmonte garantiu que os jogadores do São Paulo não participaram de qualquer esquema de manipulação de resultados ou algo do tipo, contrariando a versão do relatório de John Textor.

 “Já antecipo, não há nada de errado, são nuances de um esporte como o futebol e é isto que faz o futebol o esporte mais amado do planeta. São pais de família, trabalhadores, é bizarro, irresponsável. As autoridades precisam tomar uma providência e fazer algo, se ele não conseguir provar, deveria rolar um banimento”, divulgou.