Jogadores do Manchester United estariam evitando tocar para Antony

Depois de brilhar no Ajax, da Holanda, Antony vem passando por maus bocados tanto em sua vida pessoal quanto no Manchester United, clube que pagou mais de 100 milhões de libras para tirá-lo de Amsterdam.

Em meio a acusações de agressão à sua ex-namorada, Antony está sendo deixado de lado por seus companheiros de clube. É o que indica o programa  “Match Of The Day 2”, da BBC da Inglaterra.

Na visão do comentarista e ex-jogador Jermaine Jenas, o ex-jogador do São Paulo tinha liberdade na ponta direita em algumas oportunidades, mas não recebia o passe. Na última temporada, a sua primeira na Premier League, o brasileiro foi muito criticado pela torcida e pela mídia, justamente por segurar demais a bola.

“Você vê que Lindelof teve a oportunidade de tocar a bola para um homem aberto e deixá-lo no um contra um. Mas ele deixa passar a oportunidade de dar a bola ao Antony. Lindelof tem a bola. Antony está gritando com ele: ‘me dê a bola’. É o momento perfeito para dar a bola a ele no um contra um, mas eles o ignoram e o Arsenal vai e pressiona, até que recuam a Onana”, analisou o comentarista.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Antony é um dos jogadores de confiança do técnico Erik Ten Hag, já que ambos trabalharam juntos no Ajax. Ele vem sendo titular da equipe mesmo em meio às críticas. Na temporada passada, disputou 44 partidas, marcando oito gols e distribuindo três assistências.

Antony foi cortado da Seleção Brasileira

Nos últimos dias, o UOL divulgou imagens exclusivas de capturas de tela das conversas entre o atleta e Gabriela Cavallin, sua ex-namorada, nas quais apontam ameaças do atleta brasileiro. Além disso, foram divulgadas fotos da mulher após supostamente ter sido agredida por ele.

Em meio às investigações, a CBF anunciou a desconvocação de Antony para os jogos contra a Bolívia e o Peru, válidos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2016. Em seu lugar, o técnico Fernando Diniz chamou o atacante Gabriel Jesus, do Arsenal.