Jogador do São Paulo viaja para assinar com clube da Argentina

Perto da estreia no Campeonato Paulista, o São Paulo continua sua preparação diária no CT da Barra Funda, sob o comando do novo técnico Thiago Carpini. A contratação do ex-comandante do Juventude não alterou alguns planos do clube que foram feitos ainda com Dorival, como a saída de alguns jogadores.

Um dos nomes que estavam fora dos planos do time era o de Gabriel Neves, que viajou à Argentina para fazer exames médicos e assinar o contrato com o Independiente. Ambos os clubes acertaram um empréstimo de um ano com opção de compra no valor de 3 milhões de dólares (cerca de R$ 15 milhões).

O volante foi visto já com o agasalho de seu novo time, e apenas a assinatura do vínculo e a aprovação nos exames impedem o anúncio oficial, que deve ser realizado em breve pelas duas partes. 

“Conversei com Carlos (Tevez) antes de vir, e ele me disse que mal podia esperar para que eu chegasse aqui. Chegar ao Independente, falar com ele foi importante. Tenho gana de jogar, de me sentir valorizado, que espero ser aqui, pois recentemente fiquei um pouco para trás no Brasil. É uma grande equipe. Tinha outras coisas no Brasil e Argentina, mas gosto de desafios grandes”, disse o uruguaio.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Neves foi comunicado de que não estava nos planos tricolores para 2024, e assim como Jhegson Méndez e Talles Costa, sequer se reapresentou no CT da Barra Funda. Uma rescisão amigável chegou a ser cogitada, mas o clube mudou de ideia após interesse do Fortaleza e do Independiente, a pedido do técnico Carlos Tevez. 

Gabriel Neves perdeu espaço para Alisson

Contratado em 2021, Gabriel Neves nunca assumiu o posto de titular incontestável do São Paulo. Quando estava em uma boa fase, acabava se machucando e voltando para o fim da fila da concorrência.

No ano passado, estava sendo peça importante nos onze iniciais, mas acabou quebrando as costelas na partida contra o Palmeiras, pela volta das quartas de final da Copa do Brasil. Quando retornou, o meia Alisson havia sido adaptado para a posição de segundo volante, e jamais saiu do time, sendo fundamental na conquista da Copa do Brasil. 

Em 36 jogos disputados em 2023, Gabriel Neves marcou um gol.