Jogador do São Paulo “some” e europeus tentam a contratação

Depois de surgir como uma grande joia das categorias de base de Cotia, o meia Rodriguinho “sumiu” do São Paulo. O jogador está insatisfeito com a falta de oportunidades dentro de campo e já desperta interesse de outros clubes. A informação foi divulgada primeiramente pelo portal UOL.

O atleta fez sua estreia ainda em 2022, sob o comando de Rogério Ceni, ano em que jogaria em mais quatro oportunidades. Na temporada passada, atuou até mais (14 partidas), mas não embalou. Terminou o ano jogando pelo sub-20 e pelo time principal.

Rodriguinho criou diversas expectativas na torcida e chegou a engatar sete jogos seguidos entrando no decorrer dos duelos. Entretanto, caiu de rendimento, e no período de julho (15° rodada do Campeonato Brasileiro) até o final da temporada, foram apenas três jogos e 32 minutos em campo.

Falta de minutos em campo irrita staff de Rodriguinho

Depois de chamar rapidamente a atenção no ano passado, este “sumiço” de Rodriguinho não agradou os empresários do atleta, que querem mais chances ao jovem. Mesmo após a saída de James Rodríguez, o jovem de Cotia não deve tomar a vaga.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Para completar, times da Europa já realizaram contatos com o São Paulo para saberem mais sobre  situação do jogador, que tem contrato até 2026. Além disso, um rival direto do Tricolor também estaria interessado. Por faltar bastante tempo para o final do vínculo, ele não deve sair a custo zero.

O SPFC deve tentar realizar alguma venda lucrativa caso ele de fato peça para ser negociado. Outra opção concreta seria de emprestá-lo a um clube menor, visando ganhar experiência.