Jogador do São Paulo é eleito o 3° mais chato do Brasileirão

Como de costume ao final das temporadas, o portal Uol realizou o ‘Pesquisão UOL 2023’, que reúne votos de 43 jogadores da Série A do Campeonato Brasileiro. Existem diversas categorias no levantamento, como a de jogador mais “chato”, que contou com um jogador do São Paulo no top-3. 

O representante do Morumbi no ranking dos mais chatos é o atacante Luciano, que aparece em terceiro lugar na pesquisa, com 11,6% de votos. O líder é Gabigol, do Flamengo, com 16,2%, seguido de Felipe Melo, do Fluminense, com 13,9%. Luciano foi o único atleta do Tricolor do Morumbi entre os três mais votados. 

O camisa 10 do São Paulo é conhecido por sua “marra”, fora, claro, seu enorme talento dentro das quatro linhas. O atleta cobra bastante a arbitragem junto as provocações nos rivais, justificando seu lugar na votação. O caso mais recente foi durante a semifinal da Copa do Brasil, quando Luciano chutou a bandeirinha e encarou a torcida do Corinthians na Neo Química Arena. A atitude gerou uma punição com um cartão amarelo.

A lista  ainda contou com diversos outros nomes como Reinaldo (Grêmio),  Dudu (Palmeiras), Gilberto (Bahia), Guilherme Arana (Atlético-MG), Gustavo Gómez (Palmeiras), Hulk (Atlético-MG), Marinho (Fortaleza), Medel (Vasco). Rafinha, também do SPFC, foi citado entre eles.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Rafinha também está entre os jogadores mais “gente boas” do Brasileirão

Em contrapartida, o lateral-direito também esteve entre os jogadores mais “boa praças” do Brasil pelo mesmo levantamento. O líder foi o atacante Deyverson, do Cuiabá, com 23,2% dos votos, seguido de Fábio Santos, do Corinthians, e Jhon Jhon, do Palmeiras, com 9,7%. Filipe Luís, do Flamengo, fecha com 7,3%,

Os outros citados foram Ademir (Bahia), Jhon Arias (Fluminense), Biel (Bahia), Breno Lopes (Palmeiras), Cássio (Corinthians), Edenilson (Atlético-MG), Endrick (Palmeiras), Geromel (Grêmio), Juninho (América-MG), entre outros.